terça-feira, 4 de maio de 2010

COM MINHA ALMA CRESCENDO...

Quando a alma não é pequena? 

    Minhas pernas são meus braços e os meus pés as minhas mãos, eu transformado em palavras caminho por aqui, passo a passo. E a poeira do caminho são todos esses relatos, essas cenas descritas e essas fotografias delineadas.
    Eu cuido de minha solidão assim, construído diariamente pontes da minha ilha para o continente, registrando a conversa entre meu coração e o meu pensamento, revelando o meu desejo de ser o que ainda não fui.
    Não sei se almas tem tamanho, mas ando sentindo a minha crescendo.

André Luis Aquino. 

Texto que tive o prazer de copiar do site de meu amigo recente André Luis Aquino. Texto que li inebriada de prazer com água nos olhos e sentindo-me igualmente a ele: 


Com minha alma crescendo...

Minha alma cresce a cada minuto que eu respiro,
Minha alma cresce a cada hora que eu penso, 
Minha alma cresce a cada dia que vivo, 
Minha alma cresce a cada semana que sofro, 
Minha alma cresce a cada mês que preciso enfrentar os obstáculos, 
Minha alma cresce a cada ano que precisei crescer 
E descobrir que tudo pelo que já passei serviu e serve 
Para minha alma alçar voos enormes no caminho de sua jornada...

Ivete Barros, 03/05/2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário