domingo, 9 de maio de 2010

SE VOCÊ DEIXASSE EU TE AMAR...



MESMO QUE ESTA MERA FELICIDADE SE DESVANEÇA
E NOS DEIXE UM GOSTO DE SAUDADE NA PELE,
É A SAUDADE DE SER FELIZ,
NEM QUE SEJA SÓ POR UM DIA,
QUE ME FAZ VIVER ESPERANDO A RESPOSTA
DE QUE VOCÊ AINDA ME AMA...
MESMO QUE EU FIQUE AQUI ARDENDO DE DESEJO,
QUERENDO TEU BEIJO,
SENTIR TEU TESÃO,
SER ACOPLADA A VOCÊ
E ENTRAR EM ÊXTASE TOTAL,
NÃO HÁ COMO TE ESQUECER...
TUAS RAIZES ESTÃO PLANTADAS NO JARDIM
DE MINHA EXISTENCIA PARA TODA A ETERNIDADE...
MESMO QUE EU O AME,
VOCÊ NUNCA SE SENTIRA TOTALMENTE AMADO
PORQUE QUERES MUITO DE MIM
E SOU INSTÁVEL NOS MEUS SENTIMENTOS HUMANOS...
PORQUE O AMOR LIBERTA,
ALIMENTA A ALMA,
ACARICIA,
EMANA,
FAZ RIR,
TRANSBORDA E ENCHE O CORAÇÃO DE FELICIDADE
E M"ALMA BUSCA LIBERDADE,
A SINCERIDADE DO SEU CORAÇÃO,
PALAVRAS DE CARINHO,
SENTIMENTOS ABERTOS,
AMOR DIRECIONADO...
DESCOBRI-ME PRECISANDO SER AMADA...
PRECISANDO DE UM AMOR...
RIR JUNTO...
CONVERSAR...
SENTIR JUNTO...
ACARICIAR...
AMAR, AMAR, AMAR, AMAR, AMAR...
PORQUE SEI QUE A FELICIDADE
É UMA BUSCA INSESSANTE DE SOBREVIVÊNCIA...
E SE VOCÊ DEIXASSE EU TE AMAR,
TALVEZ O AMOR SE ENCARREGASSE DE NOS JUNTAR.
SE VOCÊ DEIXASSE EU TE AMAR
E SE ENTREGASSE A ESSA PAIXÃO...
TALVEZ PUDÉSSEMOS SER FELIZES...

IVETE BARROS, 22 DE 10 DE 2009.

Nenhum comentário:

Postar um comentário