terça-feira, 18 de maio de 2010

SOLITARIAMENTE SÓ...


Tenho andado solitária 
desde que você se foi de minha vida...
Muitos entraram nela mais não preencheram 
nem preencherão o vazio,  
o oco que você deixou em mim.
Ando solitária, sem rumo, sem carinho...
Sofro calada, sem amor, sem felicidade...
Se desse ia para o fim do mundo 
e me jogaria no maior buraco que encontrasse...
Saudade...
Solidão...
Tristeza...
Queria ...
Não queria...
Quero...
Está aqui a tristeza me arrastando,
A solidão me convidando,
A saudade...
Ah, a saudade!!!...
Cadê você que não volta mais,
Cadê você que me deixou triste assim...


Ivete Barros, 04/03/2008, 03:37

Nenhum comentário:

Postar um comentário