sábado, 26 de junho de 2010

NADA...


EU PODERIA SER O MUNDO...
O SEU MUNDO, 
O NOSSO MUNDO...
MAS TU NUM QUER NADA. 
ENTÃO QUE EU SEJA O SEU NADA, 
NADA,
NADA...
ME ESQUEÇA...
SOU NADA...
NÃO SOU NADA PERANTE TUDO...
UM MÍSERO NADA, 
UM NADA PERANTE NADA...

Ivete Barros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário