sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

ONDE TU ESTÁS MEU LOBO MAU?



Ah, meu lobo como eu queria estar contigo!
Ser despida por tuas garras
Lambida por tua língua
Arranhada por teu pelo
Ser possuída por teu desejo...

Ah, meu lobo como queria que tu me olhasse!
Com teus olhos languidos e me dissesse
Que tua saudade é enorme
Saudade de meu corpo
De meus gemidos
De meu sorriso quando você me faz gozar...

Ah, meu lobo como eu queria tanto ter você aqui!
Não só em meus pensamentos, mas  na realidade
Não só em meus sonhos fúlgidos
Não só em meus desejos desenfreados
Não só em meus toques solitários comigo mesma...

Ah, meu lobo se eu pudesse te trazer de volta!
Para me fazeres tremer em teus braços
Para me fazeres rir doidamente de êxtase
Para me fazeres levitar ao me tocar
Para me fazeres reviver todo dia...

Ah, meu lobo como tenho sofrido
Desde que você se foi...

Ivete Barros, 13/01/2012, 05:37

Nenhum comentário:

Postar um comentário