segunda-feira, 12 de março de 2012

A MEUS FILHOS... FRUTOS DE M'ALMA...



Gostaria de demonstrar-te meu amor
Mas fecho-me por dentro
Acho que é medo de amar
E por medo de amar
Muitas vezes incompreendida
Não sei como demonstrar
Se sinto, se não sinto
Se é verdade, se não sei...
Deixo-me muito me levar
Pela minha própria incompreensão
E de mim mesma tento arrancar
O sentimento de minha desilusão
Que trago dentro de mim me magoando
Roendo minha vida...
Se amo e não sei
Eu mesma não compreendo
Só sei que não consigo demonstrar a ti
O quanto, desde que um dia te vi,
Te amei...

Ivete Barros, 12/03/2012, 20:54

quarta-feira, 7 de março de 2012

TEU DESEJO...



Sinto teu perfume pelo ar
Teu desejo a inundar meus desejos
Buscando na minha boca a sua boca
E assim sentindo na minha língua
O teu acre gosto
O gosto do teu prazer
O amar que vem de você
O sofrer que vem do teu prazer trás
O sofrer do prazer dentro de mim
Ouço teu grito, sinto teu arfar
Tua pele arde, teu cheiro me invade
Meu desejo cresce mais
Minha pele arrepia ao sentir teu gozo
Sua imensa vontade de me pertencer e
Todo dia me dar este teu imenso querer...

Ivete Barros, 07/03/2012, 02: 48

ACRÓSTICO: MELANCOLIA...



Me dá medo viver assim
Entre as paredes do meu quarto
Lembrando do que não vivi
Antes de perder você
Não posso ter tudo
Claro que é impossível
O mundo me pertencer por que
Logo sei que serei uma sombra
Indo e vindo pelos cantos de
Algum lugar solitário dentro de mim...

Ivete Barros, 07/03/2012, 02: 24

ACRÓSTICO: IVETE...



Irei ao teu encontro
Verei teu sentimento
E mesmo sem saber
Terei sentido você
Entre eu e nós...

Ivete Barros, 07/03/2012, 02:16

PERDIDAMENTE PERDIDA...



Tua sombra invade m’alma
Sinto falta de você...
Meu pensamento ecoa e vaga
Busco os teus sentimentos
Neles não me encontro
Estou como vento em dia de tempestade
Arrastando meus sentidos
A procura de curar-me de você
Sem ti mergulho no abismo dos meus erros
E não enxergo meu caminho
Procuro e não me acho
Encontro e não me localizo
Permito-me ver-te nos meus sonhos
E sonhando acordada sinto tua presença
A machucar meus devaneios ensolarados de dor...
Acredito que ainda resta uma esperança pra nós...

Ivete Barros , 07/03/2012, 02:15.

DESPIDA...


                    >>>FOTOGRAFIA DE AUTORIA DE HÉLIO MOSQUERA<<<
Que queres de mim?
Buscar o meu tormento
Adiar o meu momento
Matar meu coração
Mata-me de prazer então!!!

Nua, sou tua
Tua em minhas entranhas
Dentro de mim percorrerás
Acharas meu sentido
E...
Nua,totalmente nua,
Um dia,
Despida de sentimentos,
Andarei até você...

Ivete Barros, 07/03/2012, 02:45

VAGANDO...



Hoje amanheci assim, triste
E não sabia o porquê
Passei o dia sem sentir nada
Um enorme vazio
Senti uma tristeza grande tomar conta de mim
Sai e me senti vagando na minha tristeza
Voltei e foi assim que ao chegar, ainda me sentia
Solitária dentro de mim mesma
E percebi que estava assim
Sem motivo ou muito sem explicação
Sei lá...
Mesmo assim continuei perdida dentro de mim
Sem encontrar meu caminho...
Hoje me sinto pior que o nada...

Ivete Barros, 07/03/2012, 02:55

LOUCURAS...



Grita pra mim
Solte tua fera comigo
Deixa teu liquido escorrer
Enfia-me teu gozo...           
Morda-me o seio
Sugue meu mamilo
Gema no meu ouvido
Aperte-me de excitação
Agarra-me as ancas
Enfia-se em mim...
Murmure sacanagens
Sussurre desconexamente
Monte no meu corpo
Cavalgue minha alma
Enfia-me teu desejo...
E logo nós dois
Juntos numa orgia
Chegaremos ao êxtase...

Ivete Barros, 07/03/2012, 05:25

UM PENSAMENTO MEU...



O riso é a porta para varios esconderijos sentimentais...
Assim sorrimos para esconder nossos desejos de sermos felizes 
E não sabermos como o ser...



Ivete Barros, 07/03/2012, 03:32

POR QUÊ...


Por quê? Porque, me diz?
Porque você quer me fazer tua?
Porque você quer me despir de minha dor?
Porque você quer me matar de desejos?
Dentro dos teus porquês eu fujo dos meus porquês
Porque eu não saberei responder os teus porquês...
Por quê? Porque me diz?

Ivete Barros, 07/03/2012, 03:20