sábado, 26 de maio de 2012

TÃO POUCO...



O que quero, neste mundo, 
Ninguém tem pra me dar... 
Envelheci sem perceber o que passou 
Ou deixei passar...
O que eu mesma queria para mim?
Tão pouco...
Olhares trocados, 
Sorrisos largos, 
Mãos carinhosas a se encontrarem, 
Se tocarem no mais puro querer...
Amor num momento de profundo Amor... 
Entregas desmedidas, mesmo sem medida,  
numa entrega para toda uma vida....

Ivete Barros, 26/05/2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário